sexta-feira, 19 de maio de 2017

Se sua irmã fosse presa em seu lugar, o que você faria? Tudo para livrá-la ou o mesmo que Aécio?



O tucano Aécio Neves é realmente um fenômeno a ser estudado. Indivíduo mais citado em delações premiadas, sempre se safou. Agora, que, pela primeira vez, há uma operação da Justiça que põe a PF em seu encalço, quem vai presa é sua irmã, Andrea Neves, por motivo ainda não suficientemente explicado à população.

Segundo se diz, ela teria pedido ao dono da JBS dinheiro para o irmão. Mas, desde quando pedir dinheiro é pecado, se a pessoa não tem cargo público e, teoricamente, nada de ilegal ofereceu em troca do dinheiro?

Bom, mas o fato é que Andrea está em cana e já tirou até fotos na penitenciária. Enquanto isso, o irmão faz o quê? Nada, só reclama, em nota ou através de advogado:

Segundo o rei do mimimi, os R$ 2 milhões que ele pediu ao dono da JBS/Friboi eram para pagar ao advogado:

"Tratou-se única e exclusivamente de uma relação entre pessoas privadas, em que o senador solicitou apoio para cobrir custos de sua defesa, já que não dispunha de recursos para tal", afirma o advogado de Aécio.
Segundo o defensor do tucano "foi proposta, em primeiro lugar, a venda ao executivo de um apartamento de propriedade da família".
"O delator (Joesley) propôs, entretanto, já atendendo aos interesses de sua delação, emprestar recursos lícitos provenientes de sua empresa, o que ocorreu sem qualquer contrapartida, sem qualquer ato que mesmo remotamente possa ser considerado ilegal ou mesmo que tenha qualquer relação com o setor público", afirma o advogado, em nota pública.
"Registre-se ainda que a intenção do senador sempre foi, quando da venda do apartamento, ressarcir o empresário." [Fonte: Estado de Minas]

Muita cara de pau. O sujeito pede propina para pagar advogado para defendê-lo de acusações de...receber propina... É réu confesso!

Pior: entrevistado, o advogado de Aécio disse que não recebeu nada. E é verdade. Porque o dinheiro, que alegadamente era para pagá-lo, teve outro destino, segundo a própria PF: uma loja de Geraldo Perrela, filho do senador e dono do helicóptero que foi apreendido com meia tonelada de cocaína, em caso até hoje inexplicado, em que o helicóptero era do pai, o piloto do filho e o pó ficou na conta do Espírito Santo...

Fica uma pergunta:

- Aécio, se o dinheiro era para pagar o advogado, por que foi parar na loja do Perrela do helicóptero do pó?

Enquanto isso, a irmã dele está em cana. Será que ele não vai fazer nem uma visitinha, levar uns biscoitos?


Apoie a mídia alternativa. Considere assinar o Blog do Mello agora


Todos os cartões são aceitos. Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Aqui, comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ENFRENTANDO O GOLPE 

A mídia corporativa e o governo golpista querem sufocar os blogs e sites de oposição ao golpe. Precisamos do seu apoio, da sua assinatura, e também do seu engajamento, nos ajudando a divulgar nossos blogs e sites de oposição ao golpe nas redes, republicando nossas postagens, distribuindo conteúdo para amplificar o alcance de nossas críticas.

Assinar é muito fácil, é só clicar numa das imagens, Doar ou Assinar. Todos os cartões de crédito são aceitos



Se preferir, você pode fazer sua doação diretamente na conta do Blog:

Banco Bradesco
Pipa Produções Artísticas Ltda
CNPJ: 10585813/0001-44
Agência 0213
Conta 8035-7
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
O Blog do Mello, enquanto não consegue se sustentar apenas com assinantes, precisa de anunciantes, e você utiliza um bloqueador de anúncios.
Por favor, desative o bloqueador para o Blog do Mello. Obrigado.